,

9 brinquedos montessorianos para crianças de 0 a 3 anos

Tempo de leitura: 6 minutos

Quais são os brinquedos Montessorianos? Veja opções para crianças de 0 a 3 anos!

A educação montessoriana abrange brinquedos e brincadeiras que desenvolvem a autonomia, cognição e coordenação motora infantil. Isto é, coloca os pequenos como protagonistas da sua própria história desde cedo!

Brincar com os talheres de plástico, combinar potes com tampas, construir uma caixa sensorial e explorar ‘tesouros’ em casa são alguns exemplos de atividades que seguem a teoria Montessori.

Para conhecer mais, continue a sua leitura e veja nove brinquedos montessorianos que ajudam a entreter e educar crianças de até três anos!

1. Naninha de pano

A maioria das mães já compram a naninha de pano por estar na lista de enxoval, sem sequer saber que ela tem uma função montessoriana incrível para o desenvolvimento dos pequenos.

O foco da naninha está no aspecto sensorial do tato e olfato. Com os dedos e o rosto, o bebê descobre a textura macia do tecido. Já com o narizinho, ele trabalha o seu olfato, sentido o cheirinho da mamãe no objeto.

Trata-se de um “brinquedo” perfeito para os momentos em que as mães não estão 100% presentes. É tão especial que várias crianças desenvolvem um apego especial a ele, levando consigo a todo lugar por muitos anos.

Como a pele deles é muito sensível, opte por naninhas sem pedrarias, bordados, linhas grossas, aviamentos e botões.

ursinho de pano e pelúcia de cachorrinho

2. Móbile e arcos

Conhece aqueles brinquedos que ficam pendurados no berço? Eles são chamados de móbiles ou arcos, dependendo do formato. Com eles, começa o desenvolvimento infantil de senso estético e cinético.

Esses brinquedos costumam ter personagens fofos, animais, formas geométricas, letras ou números. Geralmente, até vêm acompanhados de uma caixinha sonora que toca canções de ninar!

Quando ativos, estimulam a concentração e atenção. Não é preciso exagero nos detalhes do brinquedo – formas simples já proporcionam informações suficientes para os olhos dos pequenos.

Há modelos para pendurar em berços, carrinhos de passeio, bebê conforto e cadeira de balanço infantil.

O diferencial entre eles está, basicamente, no comprimento em que ficam pendurados nos móveis. Os que ficam mais próximos às crianças permitem mais interação.

quarto infantil mobiliado e decorado com berço, móbile, cômoda, luminária e quadros

+ Brinquedos de papelão que vão ajudar no desenvolvimento infantil

3. Mordedor

Um mordedor faz muita diferença. Quando os dentinhos começam a nascer, os pequenos ficam incomodados e não sabem dizer o porquê, apenas choram muito. A gengiva dói, coça e fica sensível, buscando qualquer objeto que possa aliviar.

É aqui que entra o mordedor! Esse é um brinquedo macio que pode ser o sossego dos pequenos e das mamães preocupadas.

Certifique-se que o material é próprio para essa função – o silicone é o mais recomendado. Além disso, o brinquedo deve ter, no mínimo, 7 cm de diâmetro, para que os pequenos possam abocanhar, mas sem conseguir engolir.

Mais um detalhe de segurança: recomendamos que não entregue objetos com desgaste ou danos. Quando começar a esfarelar/rachar, compre um novo!

pai, filha e bebê sorrindo juntos enquanto o bebê brinca com um mordedor

4. Encaixe

Os brinquedos de encaixe trabalham uma boa parte do desenvolvimento lógico infantil. Com eles, os pequenos trabalham a sua noção de espaço, tamanho e coordenação motora.

O encaixe empilhável de roscas é uma das opções que segue essa premissa. O brinquedo consiste em uma haste e várias roscas coloridas, uma de cada tamanho. O objetivo é montá-las por ordem, da maior a menor, como se fosse um cone.

Aposte numa versão colorida que faça barulho para estimular os sentidos (visão e audição) das crianças.

menina bebê brinca com quebra cabeça em uma mesinha de madeira

+ Quarto aconchegante — aprenda como criar um com a Casatema

5. Cesto do tesouro

O cesto do tesouro é uma caixinha de experimentação. Ali, você pode colocar objetos de todos os tipos – nem precisam ser brinquedos propriamente. A meta é criar um mundo de possibilidades e descobertas para os pequenos.

Esponja de banho, colher de pau, tampa de panela, pelúcia, água, potes e quaisquer outros objetos que não possam machucar as crianças são bem vindos no cesto do tesouro, que pode ser uma caixa de papelão ou um balde, caso vá colocar água.

No final, você terá um brinquedo com diversas cores, texturas e formatos para aumentar a familiaridade do seu filho com o mundo.

amigurumi de ursinho marrom escuro com cachecol verde pastel

6. Livros infantis interativos

Atualmente, as opções de livros para bebê são incrivelmente diversas. Há opções com tecidos embutidos nas páginas, plásticos, papéis texturizados, colagens em alto relevo e vários outros mecanismos legais para o aprendizado das crianças.

O objetivo de introduzir os livros a elas é desenvolver a seguinte lista de habilidades:

  • Gramática;
  • Imaginação;
  • Criatividade;
  • Interpretação;
  • Organização de ideias;
  • Dicção, caso leia em voz alta.

livro infantil com urso na capa intulado "Brown Bear, Brown Bear, What do you see?"

7. Pote da calma

O objetivo do pote da calma é ser o brinquedo perfeito para aliviar situações de estresse. E o mais interessante é que você mesma pode montar um sem sequer sair de casa!

Em um contêiner transparente, coloque cola (também transparente) ou silicone líquido e um pouquinho de água. Para deixar bem lúdico, acrescente corante alimentício, glitter e pigmentos que brilham no escuro.

Quando acontecer uma situação difícil, como a criança brigar com o colega ou sentir ciúmes do irmão, busque o pote da calma, agite e fale: ” vamos respirar fundo até o glitter chegar embaixo”.

Brinquedo feito de garrafa cheia de água e argolinhas coloridas

+ Como organizar cômoda de bebê: passo a passo completo

8. Painel de atividades

O painel de atividades é, basicamente, um quadro com brinquedos pendurados que proporciona diversão aos montes. Os objetos devem proporcionar a tomada de uma ação por parte da criança. Ficou confuso? Veja os exemplos:

Pode ser uma portinha para abrir e fechar, interruptores e botões para apertar, sino para bater, trajeto para percorrer com um boneco, campainhas musicais para tocar etc. Basicamente, coisas que permitem a interação dos bebês com o quadro.

Além de estimular todos os cinco sentidos, esse brinquedo desenvolve as habilidades cognitivas infantis e a coordenação psicomotora dos pequenos.

mãe e bebê brincam com um livro colorido

9. Mesa criativa

Para oferecer um lugar para as crianças expressarem as suas ideias, que tal uma mesa de desenhos que permite que elas expressem toda a sua criatividade?

A criançada vai gostar de brincar até no tempo livre, porque a mesa tem um mundo de possibilidades.

Escolha mesas e cadeiras montessorianas (que são do tamanho dos pequenos) e organize diferentes tamanhos e texturas de papéis (A4, A3, carta e kraft), além de disponibilizar giz de cera, lápis de cor, canetinha, tinta e moldes de desenhos.

Com essa lista, você percebe quantas habilidades os brinquedos montessorianos conseguem explorar!

Além disso, outro aspecto incrível dessa e das outras atividades dessa lista é que o método montessori respeita o ritmo de crescimento individual de cada criança — não há pressa para o desenvolvimento.

menina brinca com uma mesa criativa cheia de pedrinhas coloridas

Já decidiu qual brinquedo vai comprar/fazer para o seu pequeno? Conte a sua experiência com ele nos comentários abaixo!

Outros posts que você pode gostar:

Como higienizar brinquedos de bebê: diversão e segurança

É normal o bebê dormir por muito tempo? Entenda

O que é Feng Shui? Entenda para que serve e como aplicar

Deixe um comentário

Anterior

51 trava-línguas infantis para desafiar as crianças

9 tipos de choro de bebê: significados e como identificar

Próximo