Ciúmes do irmão mais velho com o bebê: como lidar?

Tempo de leitura: 7 minutos

A chegada de um irmão para as crianças é uma das mudanças mais significativas na vida delas, tendo em vista que essa mudança trará experiências que nunca foram vividas e que eles eram o centro das atenções de todos. Devido a esses fatores, pode ser um pouco mais complicado para o irmão mais velho se acostumar com o fato de que terão que dividir a atenção dos pais a partir do momento em que o bebê chegar.

Dessa maneira, as mamães de segunda viagem têm a preocupação constante de como vão fazer para que as coisas funcionem bem na chegada do bebê, e acaba surgindo a dúvida sobre o que fazer quando o irmão mais velho sente ciúme do recém chegado.

O medo de que o irmão mais velhos sinta ciúmes e insegurança com essa nova experiência é natural, e os filhos podem sim sentir ciúmes às vezes, no entanto, o diálogo, a compreensão, incluir o primogênito nas rotinas de cuidado e garantir um tempo de qualidade só com ele são algumas das ações que irão amenizar essa insegurança.

Leia o post e confira as nossas dicas valiosas:

Comece durante a gravidez: inclua o mais velho

Afinal, o que fazer quando o irmão mais velho sente ciúmes do bebê? Existem muitas coisas que você pode fazer já durante a gravidez, essas ações vão preparar o filho mais velho para que ele não sinta uma diferença brusca com a chegada do irmãozinho.

Chame ele para fazer carinho na barriga, conversar com o bebe ou até mesmo cantar uma música, assim, ele terá familiaridade naturalmente com o fato de que há um novo serzinho dentro da sua barriga, e que agora a família vai aumentar!

Tudo que você puder fazer enquanto o bebê não tiver chegado, faça. Isso vai ajudar muito no processo de aceitação do mais velho, fazendo com que ele já tenha uma ligação e certa proximidade com o bebê, mesmo antes dele ter chegado.

Tenha um relacionamento transparente com a criança

Não esconda nada das crianças, elas percebem as situações muito antes do que imaginamos, não só por aquilo que falamos, mas também pela intuição, elas são capazes de sentir o ambiente e conseguem identificar as mudanças.

Conte ao seu filho da gravidez e deixe ele participar de cada um dos processos, assim, ele vai se sentir incluído também nesse momento tão importante na vida da família. Um ponto crucial nessa fase é contar que a rotina irá mudar, e que agora a atenção dos pais precisará ser dividida, no entanto, tranquilize a criança deixando claro que as necessidades dela continuarão sendo supridas.

criança brincando com irmão mais novo

Nunca force caso a criança resista à gravidez no início

O ciúmes do irmão mais velho é uma coisa natural, é uma insegurança pois a criança não sabe o que vai acontecer com a chegada do bebê, ele não sabe se vai perder o amor dos pais, o carinho e o seu espaço dentro da casa, então tente ao máximo tratar com naturalidade a chegada do bebê.

Cada uma precisa de um tempo para se adaptar às novidades e mudanças. Quando a criança é filha única, ela está acostumada a ter cem por cento da atenção de todos, já que não tem ninguém com quem dividir, e a chegada de um irmãozinho pode trazer grandes aprendizados para o mais velho, inclusive aprender a dividir as coisas, sejam brinquedos, comida, espaço ou tempo.

Tente deixar o processo natural para a criança

Envolver o filho mais velho nas atividades e decisões como de enxoval, carrinho, berço entre outros, pode ser um fator muito importante, até depois que o bebê nascer. Uma forma de incluir o irmão mais velho e reduzir a sua insegurança é fazer com que ele se sinta importante dentro da família, ajudando a tomar decisões e também a cuidar do irmão.
Deixe que ele fique ciente de que agora ele é o irmão mais velho, e ele não só ganhou um irmãozinho, como também ganhou novas responsabilidades.
Durante a rotina, não cuide do bebê escondida, inclua a rotina do bebê na rotina da casa e do irmão mais velho, chame ele para participar das atividades e dos cuidados com o bebê, convide-o para trocar fralda, dar banho, dar comidinha, esse tipo de interação é ótima para deixar de lado a insegurança da criança.

Nascimento do bebê: como lidar agora que o bebê chegou?

Antes de ir para a maternidade, algo que faz toda a diferença é saber quem vai ficar com o seu filho mais velho enquanto você estiver fora. Independente da pessoa que você escolher, seja tia ou avó, esse detalhe é essencial para familiarizar a criança com a chegada do bebê, evitando uma mudança brusca na rotina.

Uma dica super legal, é convidar a pessoa que vai ficar com o mais velho para se hospedar em sua casa pelo menos uma semana antes do dia do nascimento, assim, ela já começa a ter uma interação com o seu filho antes mesmo da criança chegar.

No dia do nascimento, deixe que o seu filho espere em um quarto do hospital para encontrar com você logo após o parto, e assim que encontrar com ele, comemore a presença dele ali. Mostre o quanto você estava com saudades, e que todo aquele amor que você tinha por ele continua e sempre vai continuar, mantendo o contato físico, carinho e demonstração do amor!

criança dormindo com irmão mais novo

Separe um tempinho exclusivamente para o filho mais velho

Tire um tempinho para dedicar sua atenção à ele, isso fortalece o vínculo entre mãe e filho e é saudável tanto para a criança quanto para os papais.

Mantenha as atividades que você costumava fazer com o mais velho recorrentes, por exemplo, sair aos domingos para passear no parque. Se estiver buscando por ideias novas para criar esse vínculo, temos em nosso blog um post com dicas do que fazer no tempo livre com as crianças, com certeza a leitura irá te inspirar!

Essas ações acabam sendo muito importante para que a criança perceba que a vida dela continua, mesmo com a presença de um irmãozinho ou irmãzinha, ela tem todo o direito de ter momentos à sós com os seus pais.

Encaixando as rotinas umas com as outras

A inclusão da rotina do bebê na sua casa deve ser da forma mais leve e sutil possível. No decorrer do dia, comece com atitudes simples, mas que fazem toda a diferença na vida do mais velho, como não conciliar a mamada do bebê com a hora de comer do filho mais velho. Deixe a sua atenção voltada à ele nesse momento, assim, ele sabe que você está lá por ele caso aconteça algo.

Tente levar isso da forma mais tranquila possível, sem se pressionar, entenda que isso é um processo gradativo, e que talvez você não consiga se adaptar logo de cara, está tudo bem!

Deixe bem claro que na sua casa existe uma igualdade

É muito importante mostrar que as regras da casa são as mesmas para ambas as crianças, por exemplo, se seu filho mais velho fez algo de errado, você pode chamar a atenção dele e do bebê — mesmo que isso pareça ridículo — com um tom assertivo, isso fará com que o mais velho entenda que o que é para ele, também vale para o bebê, assim você reforça a mensagem educativa.

E aí, o que achou do nosso post sobre o que fazer quando o irmão mais velho sente ciúmes do bebê? Não se esqueça de conferir o nosso blog, ele está recheado de dicas para mamães. Conte-nos também a sua experiência como mamãe de segunda viagem, essa troca de informações é sempre essencial!

About Leandro Varela

Deixe um comentário

Anterior

Exercícios de relaxamento — 4 dicas para descansar a mente

Pote da calma — Saiba mais sobre a ferramenta montessoriana

Próximo