, , ,

Pote da calma — Saiba mais sobre a ferramenta montessoriana

Tempo de leitura: 6 minutos

Você já ouviu falar do pote da calma? Trata-se de uma ferramenta que tem um grande valor auxiliar às crianças, fazendo com que elas sejam capazes de desenvolver um maior controle em relação às suas emoções. Na fase da infância, tudo está em desenvolvimento e o controle emocional ainda não ocorreu ou está começando a ocorrer.

Ao passo em que as crianças estão em processo de desenvolvimento constante, as emoções são uma novidade muito complexa que tem um forte impacto nas atividades do dia a dia – e , por se tratar de algo novo, é comum que elas não consigam um controle sobre sua reação com os fatos na maioria das vezes.

Pensando nisso, é muito importante que os pais consigam buscar formas que façam com que esse controle emocional possa se desenvolver da melhor forma. Assim, a partir da metodologia montessoriana, surgiu o pote da calma. Essa ferramenta tem se popularizado muito entre os pais que buscam por um método para que seus filhos tenham o melhor desenvolvimento possível.

Se você quer conhecer melhor a ferramenta e os benefícios que o pote da calma pode trazer aos seus filhos, continue sua leitura que iremos abordar por aqui várias informações quanto ao método.

Pote da calma – o que é?

O pote da calma é composto por um líquido colorido com glitter que geralmente possui um aspecto cremoso. Geralmente, o pote é produzido em plástico ou vidro e, ao chacoalhá-lo, o glitter passa a se movimentar dentro do pote criando um efeito que prende bastante a atenção da criança.

O efeito traz um relaxamento ao cérebro que pode fazer com que as crianças se acalmem rapidamente. Dessa forma, com a prática dessas atividades o cérebro vai criando autonomia para lidar com as emoções. Além disso, essa atividade sensorial pode ser uma grande aliada para que as crianças consigam ter mais controle em momentos em que seus nervos estão à flor da pele, como em momentos de choro, estresse ou de muita agitação.

Enquanto a criança vai manuseando o pote da calma, a mente fica mais relaxada à medida em que estará distraída manuseando a ferramenta e se deparando com o movimento que o glitter realiza junto ao líquido colorido no interior do pote.

Benefícios do pote da calma

Dentre os inúmeros benefícios do pote da calma, o que mais se destaca é o controle emocional, conforme citamos. Quando esse controle é estimulado desde a infância, as crianças têm uma tendência muito maior a se tornarem adultos que conseguem lidar bem com as situações vivenciadas – sendo elas adversas ou negativas.

Outro fator que torna o pote da calma uma ferramenta eficaz, é o fato de que esse é um ótimo auxiliar para que as crianças trabalhem o foco e a concentração no que estão fazendo – uma prática muito semelhante à meditação que faz com que as crianças tenham um momento reservado para lidar com a mente e seus pensamentos.

Dessa forma, como a criança se mantém focada no objeto, seu cérebro vai se acalmando e ela consegue se manter mais focada em suas tarefas. Além disso, a ferramenta também pode ser uma grande auxiliar em casos de crianças ansiosas e que se sentem mais agitadas em situações de exposição às outras crianças.

Se você percebe sinais de ansiedade, leia nosso post sobre crianças agitadas e confira algumas dicas para gastar a energia dos pequenos.

Como o pote da calma funciona?

O pote começa cativando as crianças por sua aparência e todo o seu brilho. Assim que a criança passa a ter seu primeiro contato direto com ele, o líquido interno já começa a se mover e os efeitos já se iniciam.

No corpo, os efeitos provocados ocorrem de maneira que, ao observar o glitter cair, os batimentos do coração e a respiração se tornam mais controlados, além de que o ato simples de manter o pote da calma nas mãos ajuda a reorganizar o sistema nervoso. O corpo passa a ficar mais relaxado e as emoções negativas se esvaem com mais rapidez.

Além disso, o método pode ser muito eficiente para que a criança consiga descontar sua raiva, muito melhor do que utilizando métodos agressivos e que tenham relação e indução à violência. O método é aprovado inclusive por especialistas que afirmam que o ato de agitar o pote e ver a movimentação de seu conteúdo pode ser uma ótima forma de controlar o corpo e fazer com que o resultado tenha um efeito calmante.

Como fazer um pote da calma para seu filho?

Ao fazer um pote da calma, você estará oferecendo a seu filho todos os benefícios que citamos acima. Mas você pode elevar ainda mais a experiência de vocês, fazendo a ferramenta em conjunto. Assim, além de promover os benefícios que citamos acima, você também ajuda a elevar e a estimular o lado criativo de seu filho, e a produção se torna uma brincadeira muito gostosa.

Aproveite que a produção do pote não é uma tarefa nada difícil e tenha um momento de diversão com o seu pequeno. Essa facilidade se dá porque não há muitas regras a serem seguidas para a produção do objeto, bastando que vocês sigam um modelo do qual vocês mais gostam. Separamos algumas dicas abaixo para que você consiga se orientar no momento da produção.

Você vai precisar de:

  • Pote de vidro ou plástico;
  • Glitter;
  • Cola glitter;
  • Tinta à base de água.

Modo de Preparo

Despeje água sobre o pote deixando uma pequena quantidade de espaço suficiente para que os materiais consigam se movimentar, então coloque a quantidade de glitter que julgar necessária. Adicione a cola giltter e tampe o vidro para finalizar.

Caso a cola glitter não seja suficiente e o efeito esteja se movimentando muito rápido, você pode adicionar sabonete líquido ou gel de cabelo à mistura para conseguir o efeito. Além disso, você pode usar o auxílio de cola quente na rosca do pote para elevar a vedação da ferramenta.

Viu só como é fácil? Se você fizer o pote com seu filho, ele irá valorizar ainda mais a ferramenta, buscando utilizá-la sempre que sentir necessidade.

O que você achou deste conteúdo? Esperamos que tenha gostado! Aproveite sua leitura para conferir nosso post sobre quartos montessorianos e veja como montar um na sua casa. Agradecemos por você ter lido este post e nos vemos na próxima matéria. Até mais!

About Blog Casatema

Deixe um comentário

Anterior

Ciúmes do irmão mais velho com o bebê: como lidar?

5 opções de lanches saudáveis para crianças — Faça em casa

Próximo