Saiba tudo sobre o quarto montessoriano e veja como montar um

Tempo de leitura: 6 minutos

O quarto montessoriano é famoso em inúmeros lugares, talvez você ainda não conheça ou não saiba exatamente sobre o que se trata. O principal objetivo desse quarto é estimular a auto aprendizagem e desenvolver a autonomia da criança.

Mesmo tendo caído nas graças dos pais de forma mais popular recentemente, o método é uma criação antiga. É uma forma de fazer com que as crianças estejam inseridas em um ambiente acolhedor e livre para soltar a imaginação.

Surgimento do quarto montessoriano

O quarto montessoriano surgiu com base na metodologia montessori, umas das mais utilizadas na educação no mundo, criada em 1907 pela educadora italiana Maria Montessori.

O método surgiu por meio de pesquisas realizadas pela pedagoga que percebeu que cada criança tem a sua individualidade e isso reflete no seu desenvolvimento. Diferente da forma de educação tradicional, o montessori dá autonomia para a criança.

O método montessori além de usado nas escolas também passou a ser aplicado nos quartos infantis, permitindo que os móveis e objetos pudessem ficar sempre ao alcance das crianças.

estante montessoriana

O que é um quarto montessoriano?

Uma forma de resumir o quarto montessoriano é pensar que ele é projetado exclusivamente para as crianças — não para os adultos. O ambiente deve ser voltado para a aprendizagem, para a exploração, para o desejo de brincar e de conhecer novos estímulos.

É preciso planejar cada detalhe, para que assim seja possível criar o conceito de auto educação das crianças. Um bom exemplo são as prateleiras: elas devem estar na altura dos pequenos, possibilitando um fácil acesso para a escolha de um brinquedo ou um livro sem precisar pedir a ajuda dos adultos.

Mas os pais, ao imaginarem um quarto montessoriano, costumam ter preocupação com a segurança dos filhos. Será que uma cama baixa demais não fará com ele saia a noite e se machuque? Ou os móveis muito próximos ao chão não podem apresentar risco maior de queda?

Na verdade, é justamente o contrário: os móveis montessorianos são pensados para serem utilizados por uma criança. Eles são projetados na altura delas e não têm quinas finas e pontiagudas, o que evita que elas se machuquem se caírem.

Além disso, é válido planejar outros detalhes com cuidado, como quadros e espelhos, que devem ser pregados com fita adesiva dupla face, do tipo 3M, ao invés de pregos. O ideal é que os quadros tenham molduras sem vidros e que os espelhos sejam fixados em uma base de madeira ou mdf, para evitar acidentes ou que os estilhaços machuquem as crianças.

Como montar um quarto montessoriano?

O conceito montessoriano é bem simples de entender, porém, pode ser complicado colocá-lo em prática. Afinal, estamos acostumados com uma decoração funcional para os adultos, com móveis altos e pouco pensada nas crianças. Algumas dicas para os pais que desejam implementar a metodologia montessoriana são relevantes:

  • O ambiente deve ser todo planejado para que as crianças consigam realizar suas atividades sem intervenção. Como no caso das prateleiras, existem móveis que já são projetados na altura delas, como aparadores, organizadores, nichos, armários e até camas. Vale muito a pena explorá-los ao máximo!
  • Se você já tem uma decoração comum no quarto do seu filho, algumas mudanças podem ajudar no estímulo da aprendizagem sem que seja necessário modificar todo o ambiente. Uma boa ideia é começar pela cama e alguns móveis mais baixos. Dessa forma, não será preciso mudar armários mais altos, como os que são guardados itens de menor uso, por exemplo.

Além dos móveis projetados na altura das crianças e sem quinas, os pais devem estar atentos às tomadas e se necessário, colocar proteção. Outro elemento que deve ser levado em consideração na hora de montar um quarto montessoriano é deixar livros, brinquedos e até as roupas acessíveis às crianças.

Elementos de um quarto montessoriano

Para garantir a segurança das crianças, os quartos montessorianos devem contar com alguns elementos obrigatórios. Entenda melhor como eles são projetados e qual a diferença entre eles e os comuns:

  • Camas

As camas montessorianas são elementos fundamentais para a aprendizagem das crianças. Elas costumam ser projetadas de uma forma que estimule o lúdico e faça com que haja a sensação de segurança e de proteção na hora de dormir. Com uma altura ideal, as crianças podem subir e descer sem supervisão.

Como as camas montessorianas não são altas, elas podem ser usadas tanto por bebês, quanto por crianças maiores. No caso dos bebês, os pais podem optar por uma proteção lateral para que a segurança seja ainda maior.

Algumas camas são feitas com telhados e outros elementos que dão asas à imaginação. Há também as que são produzidas em formatos de cabanas, totalmente fechadas, sendo uma ótima alternativa para crianças que possuem receio de dormir sozinhas.

Já para os irmãos que dormem no mesmo quarto, as bicamas montessorianas e também os beliches podem ser uma oportunidade de criar vínculo de amizade em um ambiente super divertido;

cama montessoriana

  • Nichos e organizadores

Como falamos, é uma excelente que quarto tenha os móveis baixinhos. Isso faz com que as crianças possam alcançar brinquedos, livros e até suas roupas sem a ajuda de um adulto. Sem dúvidas, é uma maneira de fazer com que elas aprendam a ter autonomia. Se as prateleiras podem causar um problema para serem instaladas, os móveis montessorianos são mais práticos e podem ser trocados quando a criança crescer;

  • Barras nas paredes

Fixar barras nas paredes são uma ótima alternativa para as crianças menores. Elas ajudam as crianças a se apoiarem e a trabalharem o seu equilíbrio, facilitando ainda mais para as que estão na fase de aprender a ficar em pé e andar sozinhas;

  • Cômoda

As cômodas baixas são uma boa alternativa para guardar algumas roupas, dessa forma as crianças têm muito mais liberdade e autonomia na hora de se vestir;

  • Espelhos

Os espelhos são fundamentais nos quartos montessorianos, garantindo que as crianças consigam se reconhecer, além de contribuir para o seu autoconhecimento.

  • Decoração

A decoração dos quartos montessorianos não tem uma regra, mas o ideal é que ela desperte a criatividade das crianças com cores, quadros, desenhos lúdicos, bandeirolas e tapetes. Os brinquedos, além de terem a função de entreter as crianças e ajudar no seu desenvolvimento são ótimos objetos decorativos.

Não existe uma regra a respeito de até qual idade o quarto montessoriano pode ser usado, por isso, é importante que os pais estejam sempre atentos ao desenvolvimento, necessidades e autonomia dos seus filhos.

Gostou das nossas dicas sobre como montar um quarto montessoriano? Aproveite também para ler o nosso post com dicas de brincadeiras para fazer em casa com as crianças. Até o próximo post!

About Leandro Varela

Deixe um comentário

Anterior

Saiba quais são as melhores opções de luz noturna para quarto de bebê!

Quarto montessoriano simples: 3 ideias de como montar um

Próximo