, ,

O que é Feng Shui? Entenda para que serve e como aplicar

Tempo de leitura: 10 minutos

Na hora de decorar e organizar casas e apartamentos, muitas pessoas têm buscado o Feng Shui para deixar seu cantinho mais harmônico e aconchegante.

Vindo de antigas práticas chinesas, o Feng Shui utiliza arte, sabedoria e técnicas que deixam os espaços com boas vibrações e energias. Essa técnica pode beneficiar toda a casa! Incluindo o quartinho das crianças, a cozinha, a sala e etc.

Amantes de decoração, design de interiores e de paisagismo estão cada vez mais familiarizados com o termo. Se você quer aprender mais sobre a prática para aplicá-la em seu lar, acompanhe este post preparado por nós, da Casatema!

O que é o Feng Shui?

Em sua tradução literal, o Feng Shui significa “vento-água”, relacionando-se diretamente com a natureza. Esse nome faz jus ao seu propósito de conexão de ambientes internos com elementos naturais.

A energia vital de todas as coisas – conhecida como Chi – também é tida como base dessa prática, considerando que, ao trazer elementos naturais para dentro de casa, o ambiente terá conexão com a natureza, fazendo daquele espaço um ambiente melhor para viver.

Para isso, elementos como plantas, circulação de ar e uma paleta de cores terrosa podem ser usados. É justamente por isso que esses itens estão sendo encontrados cada vez nos projetos de decoração de interiores das moradias modernas!

Mesmo que os conceitos por trás do Feng Shui sejam variáveis conforme as crenças e preferências de cada pessoa, acreditamos que todo mundo se sente bem em contato com a natureza, certo?

Isso pode ser positivo até para os bebês, como vamos abordar nos próximos tópicos.

Leia também: Aprenda a montar uma casa com móveis funcionais

Para que serve o Feng Shui?

Para que os moradores possam se beneficiar dos resultados trazidos pela técnica, é necessário traçar os detalhes da planta baixa do ambiente e identificar quais elementos se encaixam bem.

Na análise do espaço, o Baguá, uma espécie de mapa com formato octogonal, é muito utilizado para entender as carências dos ambientes que precisam de harmonização.

Cada um dos cantos desse mapa é composto por um guá – que representa uma área da vida. Entenda melhor:

Para proporcionar bons momentos com os amigos

Cultivar amizades e mantê-las por perto é muito importante para celebrar momentos especiais e saber que sempre pode contar com alguém para oferecer um ombro amigo.

Pensando nessa área da nossa vida, a cor a ser usada em predominância é o cinza, com elementos em metal e em formato arredondados.

Já reparou que o cimento queimado é uma tendência que faz muito sucesso nas salas de TV e de estar? Seria bem legal se isso estivesse relacionado com o equilíbrio que a cor cinza traz para as nossas amizades, não é mesmo?

Veja também: Decoração de sala de estar aconchegante e funcional

Para a criatividade florescer

Seja no trabalho, em relacionamentos ou em projetos pessoais, a criatividade é muito importante para conseguir ter boas ideias!

Para harmonizar seu lar com este elemento, aposte em objetos de cor branca e/ou pastel. O elemento da criatividade também é o metal. Em escritórios, esses tons nos dão uma sensação de limpeza e organização, algo fundamental para a produtividade!

Para aproximar a família

Seja quanto aos familiares mais próximos ou aqueles mais distantes, a família são pessoas que oferecem amor, afago e apoio em momentos de adversidade.

Por isso, é importante cultivar bons relacionamentos com todos os familiares. A tonalidade do guá da família é o verde, em objetos com forma retangular e o elemento é a madeira.

Para incentivar a prosperidade

A riqueza e a prosperidade são comumente associadas a dinheiro e fortuna, no entanto, é preciso lembrar que este elemento também possui fortes conexões com saúde, felicidade e relacionamentos.

Para harmonizar o ambiente com este guá, aposte em objetos produzidos em madeira, na cor roxa e em formato retangular.

Reforçamos que essas dicas não devem ser lidas como regras, e sim como ideias para proporcionar bons momentos no seu lar! Quem sabe se utilizar esses conceitos do Feng Shui não pode servir como reforço positivo? Vale a tentativa!

Leia também: Camas de criança: o guia para escolher a ideal

O Feng Shui nos cômodos

Assim como em nosso corpo, em que cada membro possui uma função e importância específica, no Feng Shui cada cômodo de um lar possui sua respectiva importância, equilibrando o espaço.

Seguindo essa ideia, todos os cômodos precisam ser funcionais e estarem sem pendências a nível de organização, manutenção e outras tarefas, uma vez que essas tarefas postergadas podem influenciar toda a casa.

Portas e janelas devem estar sempre abertas para que o ambiente conte com circulação livre de vento, o que é excelente pois garante espaços mais arejados e frescos para você e as crianças.

Seguindo a técnica, os quartos são os cômodos que mais devem ser otimizados. Essa importância é devido ao fato de que é ali que dormimos e descansamos para o dia seguinte.

Quarto de casal

Procure trazer itens em conjunto para o espaço, isto é, duas mesas de cabeceira, dois abajures, tapetes, almofadas e outros. Dizem que ter uma cabeceira sobre a cama ajuda a trazer proteção ao sono do casal, evitando sonhos ruins e noites mal dormidas.

Quarto de solteiro

Essa dica é contemplada pelo Feng Shui, mas na verdade ela é recomendada por todo mundo: desativar as notificações de dispositivos eletrônicos e evitar usar o celular antes de dormir.

Quarto Infantil

No que se trata de quartos para crianças ou bebês, o Feng Shui sugere evitar posicionar prateleiras e nichos sobre a cama ou berço, que podem pesar no sono dos pequenos.

Também é recomendado fazer uso de cores suaves para manter o espaço com uma energia de paz e calmaria, além de favorecer as crianças na hora de dormir com mais qualidade de sono.

Métodos como o Feng Shui são ótimos para ajudar as mamães e papais a otimizarem os quartinhos dos pequenos. Outro bem famoso é o montessoriano, que trabalha com móveis do tamanho das crianças a fim de incentivar a sua autonomia e independência.

Ainda não conhece essa teoria de Maria Montessori? Confira como montar um quarto montessoriano neste guia completo que temos!

O Feng Shui e as plantas

Seguindo a premissa de conciliar ambientes internos e natureza, o Feng Shui diz que as plantas são muito bem-vindas dentro de qualquer espaço e que cada espécie é capaz de harmonizar o ambiente com uma energia diferente.

Separamos as espécies mais indicadas para cultivo dentro de sua casa ou apartamento, confira:

Arruda

A arruda é uma planta muito conhecida por conseguir manter a casa longe de energias negativas e mau-olhado. A recomendação é que ela fique posicionada próxima à porta de entrada de sua casa, mas é uma planta que precisa de incidência de luz direta para conseguir se desenvolver.

Árvore-da-felicidade

A árvore-da-felicidade é ideal para conseguir harmonizar o ambiente e trazer prosperidade para relacionamentos. A planta possui espécies macho e fêmea, que devem ser plantados em conjunto no mesmo vaso para representar a energia de união entre yin e yang.

Leia também: 10 dicas para acertar na decoração de quarto de adolescente

Bambu da Sorte

O bambu da sorte é uma planta que atrai prosperidade e sorte em sua vida profissional e pessoal. Pode ser colocado em qualquer espaço de sua casa e o número de hastes de bambus interferem na energia da casa.

Duas hastes representam a união entre duas pessoas, três hastes representam prosperidade e vida longa, cinco hastes favorecem a espiritualidade e sabedoria, sete hastes significam saúde, oito hastes representam o crescimento e nove hastes atraem a sorte em sua casa.

Espada de São Jorge

As espadas de São Jorge também são ótimas plantas para proteger o lar. Deixá-las próximas à porta e no quarto irá afastar a negatividade, estabilizando suas energias.

Além disso, são plantas fortes e resistentes e, por isso, o método diz que essas qualidades podem ser reconhecidas nos moradores de casas com espadas de São Jorge.

Jibóia

As jibóias são plantas fáceis de cuidar e que possuem um crescimento muito acelerado, favorecendo o amadurecimento pessoal dos moradores. Dentro de casa, elas ficam ótimas no banheiro.

Lírio da Paz

O lírio da paz é uma planta que permite trabalhar a compreensão, harmonia, serenidade e ainda consegue purificar o ambiente. É uma ótima planta para pessoas ansiosas e que tendem a se irritar com facilidade. Ela precisa de bastante água!

Zamioculca

É resistente e consegue sobreviver por muito tempo mesmo diante da falta de água, luz ou adubação, então é ideal para qualquer cômodo da sua casa.

Dizem que se alguma visita entrar com negatividade ou inveja em seu lar, ela irá absorver essa carga energética e, como consequência, uma de suas folhas irá secar.

As cores dentro do Feng Shui

O Feng Shui também trabalha as cores e tonalidades usadas dentro de um ambiente, seja quanto à cor da parede, dos móveis ou dos itens de decoração. Em outro post, já abordamos quais são os melhores tons para quarto de bebê, clique aqui e confira!

Abaixo, explicamos o que o Feng Shui diz sobre as cores:

Amarelo

O amarelo é muito associado ao poder e riqueza, devido ao fato de que é uma cor que remete à tonalidade do ouro.

Sua tonalidade também consegue deixar o ambiente mais alegre e espontâneo. É preciso apenas tomar cuidado com o excesso dessa cor, uma vez que é fácil de enjoar da sua estética e vivacidade.

Azul

De acordo com o Feng Shui, o azul é uma tonalidade que atrai paz, harmonia e tranquilidade. Por isso, é muito usada nos quartos e salas de estar.

Branco

O Feng Shui aponta o branco como um ótimo estimulante para o guá da criatividade e produtividade, favorecendo ambientes como a cozinha e lavanderia.

Além disso, a tonalidade está muito associada à limpeza. A grande vantagem do branco é que ele consegue tornar ambientes mais amplos que realmente são, ideal para cômodos com poucos metros quadrados.

Leia também: Como montar o cantinho de estudo perfeito para seu filho

Cinza

As relações de amizades são muito favorecidas pela tonalidade cinza, segundo o Feng Shui. Também está muito relacionado à solução de conflitos e equilíbrio, uma vez que é uma tonalidade que possui múltiplos significados.

De forma geral, o cinza é muito bem-vindo dentro de ambientes internos, mas é possível complementá-lo com outras cores, resultando em uma harmonização das energias ainda mais eficaz.

Verde

Para cultivar bons relacionamentos com os familiares, o Feng Shui recomenda o uso da cor verde na decoração. Além disso, como é uma relacionada diretamente à natureza, a tonalidade atrai crescimento para a vida dos moradores.

E então, o que achou do Feng Shui? Reforçando que não estamos recomendando o uso preciso e fiel desse método, e sim o encontro de novas inspirações decorativas para o seu lar!

Que tal aproveitar para conferir nosso post sobre decoração de sala de estar e ver como deixar a sua aconchegante e funcional?

Agradecemos sua leitura e esperamos você por aqui novamente em nossos próximos posts.

Até mais!

Deixe um comentário

Anterior

Educação montessoriana: 5 características do aprendizado

Grade de proteção para camas infantis: como escolher?

Próximo