, ,

51 trava-línguas infantis para desafiar as crianças

Tempo de leitura: 7 minutos

Está procurando por formas divertidas de ensinar a língua portuguesa aos seus filhos? O trava-língua é uma ótima opção!

Essa é uma atividade/brincadeira que consiste em repetir frases difíceis, compostas por jogos de palavras e sons, a fim de desenvolver a cognição e a linguagem dos pequenos.

Neste post, nós, do blog da Casatema, selecionamos mais de 50 opções de trava-línguas para você testar com as crianças. Confira!

Trava-línguas para testar a velocidade da dicção

Um dos mais populares na cultura brasileira, os trava-línguas pequenos têm entre quatro e seis palavras que repetem sílabas iguais ou com o mesmo som – mas não é porque são curtos que são fáceis!

É um desafio excelente para crianças de 5 a 6 anos, pois, no geral, nessa idade elas já sabem ler e escrever e estão começando a falar frases com certa velocidade. Treine a leitura e dicção das crianças com as seguintes frases:

1. Branco bagre. Bagre branco;

2. Brilha o brinco da Brena;

3. Casa suja, chão sujo;

4. O veio Veiga vende aveia;

5. Vou a pé à Sé com fé;

6. Seja sua sucessão de sucessos sucessivos.

mãe e filho tiram foto sorrindo e mostrando a língua para o celular

Leia também – O que fazer no tempo livre: dicas para matar o tempo da criançada!

Trava-línguas curtos e confusos

Segundo o livro infantil “Conta para Mim” do MEC, os trava-línguas auxiliam no desenvolvimento infantil – especialmente na alfabetização, comunicação, socialização e musicalização das crianças.

Com isso em mente, que tal subir um pouco a dificuldade e desafiá-las? Adicionamos mais palavras e buscamos a repetição de sons semelhantes para os próximos trava-línguas!

E além dessas características, envolvemos uma pequena historinha em cada um deles para tornar a brincadeira mais lúdica. Acompanhe abaixo:

1. As abelhinhas abelhudas abelharam as abelhinhas.

2. Fala: loura arara. A loura arara falará;

3. A boba babá bebeu o leite do bebê;

4. O bode berra bravo e na barba baba;

5. Carina e Catarina cantam a canção;

6. Chaves está no chaveiro com a chave do chefe;

7. Corre o rato, dorme o gato e foge o pato;

8. O valente tenente, felizmente, ganhou um presente;

9. No final do fogão ficava a faca afiada;

10. As flores do Floripes são frescas;

11. Frio, frágil e fresco é o frasco francês;

12. No ato, o gato fugiu pro mato e pegou carrapato;

13. Ficas no castigo comigo se eu desligo?

14. Lagartixa, larga a Tia Tita. Tia, larga a lagartixa;

15. Na jarra, José junta jabuticaba;

16. Quem a paga caro na compra da paca, cara paca pagará;

17. A noiva doida e o noivo doido endoidaram o dado;

18. Pedro prega o prego na porta preta;

19. O sino soou cedo sem o senhor Silva;

20. Porco fresco, toco crespo e corpo preto;

21. Com uma tranca de trincas trancaste Tancredo?

22. Bote o pote no bote e a bota no bote e depois tire a bota e o pote do bote;

23. É muito soco para um socó só socar e coçar!

mãe e filha estudam um papel juntas na mesa

Leia também – Lista de tarefas domésticas para os filhos por idade

Trava-línguas médios com um pouco de história

Sabe aquelas histórias super confusas que os pequenos contam quando estão narrando um sonho que tiveram?

É exatamente isso que os trava-línguas médios são. A narrativa dessas frases pode começar do fim, terminar no meio e ter várias palavras confusas.

Ao apresentá-las às crianças, estamos trabalhando a sua construção de ideias e raciocínio lógico. Afinal, elas vão ter que se esforçar bastante para dar sentido às frases, divertindo-se muito no processo.

1. O sabiá sabia que o sábio não sabia que o sabiá não sabia assobiar;

2. Alô, o tatu taí? Não, o tatu não . a mulher do tatu? Mesmo tando, ele num tá.

3. Se vaivém viesse e fosse, vaivém vinha e ia, mas como vaivém não vem e nem vai, vaivém não vai, nem vem;

4. Se a Lígia me ligasse, eu também ligava lá na Lígia. Mas a Lígia não liga pra mim, eu também não ligo pra Lígia;

5. O raio do rato roeu raivoso a rolha redonda da garrafa de rum de Roberto, o rei da Rússia. O raio do rato roeu raivoso e rápido a rolha redonda da garrafa de rum de Roberto, o ruidoso rei da Rússia. – Raio – ralhou o rei.

6. Não sei se é fita ou se é fato. Não sei se é fato ou se é fita. A fita é que você, de fato, me fita, e fita de fato;

7. O tecido é tecido pelo tecelão com sete sedas de Sião. Pura sorte tem sido a seda ser tecida no tecelão;

8. Sem deixar rastros, um rato rápido raptou três ratos em ato muito rápido.

Trava-línguas longos e com vários tempos verbais

O desenvolvimento da linguagem acontece durante um dos saltos de desenvolvimento infantil.

Nele, os pequenos expandem o seu vocabulário de maneira exponencial – ainda mais se gostarem de conversar e estiverem na fase de perguntar o “Por quê?” das coisas.

Nos trava-línguas desenvolvidos para estimular o aprendizado nessa fase, podemos encontrar conjugações verbais mais complexas, narrativas e o uso de interrogação e aspas com frequência.

Para que as crianças entendam o contexto, leia as frases em voz alta com a entonação adequada. Teste a dicção delas com os seguintes exercícios:

1. O peito do pé de Pedro é preto. Quem prega que o peito do pé de Pedro não é preto, tem o peito do pé mais preto do que o peito do pé de Pedro;

2. O Tempo perguntou pro Tempo quanto tempo o Tempo tem. O Tempo respondeu pro Tempo que o Tempo tem tanto tempo quanto o Tempo tem. E tu? Quanto tempo tem?

3. Saberemos que somos sabedores, sabidos ou sábios sabendo o que sabemos. O que sei, o que não sabes e o que sabes, simplesmente, são as sabedorias;

4. Se o papa papasse papá. Se pão o papa papasse. Se tudo papasse o papa, seria um papa-papão;

5. Quando digo “Diogo”, digo “Diogo”, não digo “Digo” nem “Diego”.

Trava-línguas muito, muito difíceis!

Os trava-línguas difíceis colocam à prova o treino anterior, já que as crianças que passaram por ele provavelmente estão conseguindo articular bem as palavras e pronunciar sílabas com clareza.

Sem mais delongas, divirtam-se com as próximas frases:

1. Chegamos à conclusão que concluímos, mas não concluímos nada. Logo, concluímos que será concluída outra conclusão quando todos tiverem chegado à conclusão que todos têm a conclusão concluída.

2. Eu tagarelarei, tu tagarelarás, ele tagarelará, nós tagarelaremos, vós tagarelareis e eles tagarelarão;

3. Há três quadros quatro e quatro quadros três. Quatro destes quadros são quadrados, um dos quadros três e três dos quadros quatro. Os três quadros não quadrados são três quadros do três;

4. No ninho da mãe mafagafa há sete mafagafinhos. Os sete mafagafinhos gafam quando a mafagafa gafa. Quem desmafagafizar o ninho, será um bom desmafagafizador.

menina com fone de ouvido se diverte mexendo no celular

Trava-línguas impossíveis de falar rápido

Nem precisamos explicar, não é mesmo? Apenas se junte ao seu pequeno e tente ler esses trava-línguas em voz alta de forma rápida!

1. Se o bispo de Constantinopla quisesse desconstantinoplatanilizar a Constantinopla, não haveria desconstantinoplatanilizar que desconstantinoplatanilizasse Constantinopla desconstantinoplatanilizadoramente;

2. Desinquivincavacaria, o desinquivincavacador das caravelarias, as cavidades que não foram desinquivincavacadas.

3. Pedrinho: pedreiro Pedro Paulo da catedral, está aqui o padre Pedro? O pedreiro Pedro Paulo perguntou: qual dos padres Pedros, Pedrinho? Pedrinho respondeu: o padre Piscos Pires Pascoal. O pedreiro respondeu: aqui tem três padres Pedros Piscos Pires Pascoaes, igual outras catedrais;

4. Não confunda otorrinolaringologista com ornitorrinco, ornitorrinco com ornitologista, ornitologista com otorrinolaringologista. Porque otorrinolaringologista é otorrinolaringologista, ornitologista é ornitologista e ornitorrinco é ornitorrinco.

5. A paralelepipédica só tem paralelepípedos? Disseram que a rua toda tem paralelepípedos de paralelogramos. Se dez paralelogramos tem dez paralelepípedos, uma paralelepipedovia tem mil paralelepípedos? Sim, uma paralelepipedovia tem mil paralelogramos, então é uma paralelogramolândia.

Ufa! Conseguiu falar todos? Esses últimos estão entre os trava-línguas mais difíceis da língua portuguesa!

Com esse exercício, você estará ensinando de forma criativa, estimulando a criatividade e aplicando metodologias ativas com os seus filhos. Com certeza, o conhecimento deles se expandirá!

pai, mãe e filha sentados no chão se divertem juntos no celular

Aproveite para conferir outro post nosso e se inspirar nas atividades montessorianas, programas que envolvem o desenvolvimento da autonomia e independência dos pequenos.

Deixe um comentário

Anterior

Quarto aconchegante — aprenda como criar um com a Casatema

9 brinquedos montessorianos para crianças de 0 a 3 anos

Próximo