, ,

Lista de tarefas domésticas para os filhos por idade

Tempo de leitura: 5 minutos

Guia: lista de tarefas domésticas para os filhos por idade

Existem algumas controvérsias quanto a participação das crianças nas tarefas domésticas – há quem diga que é contraprodutiva, pois impede que elas tenham tempo para brincar e curtir a infância devidamente, mas os estudos da psicologia comportamental infantil e mesmo o método montessoriano mostram o contrário.

Na verdade, a falta de responsabilidade atribuída às crianças dentro de casa tende a gerar indivíduos com um bloqueio de aprendizado de tarefas simples no futuro, além de diversas outras consequências negativas.

Para evitar isso e conquistar o desenvolvimento pleno dos pequenos, nós, da CasaTema, preparamos este guia completo com as atividades domésticas que as crianças podem realizar em cada fase de seu desenvolvimento.

Se você quer descobrir como contribuir para o crescimento das crianças em diversos aspectos e ainda ganhar um mini ajudante dentro de casa, veja abaixo uma lista de tarefas domésticas para os filhos por idade e também a importância dessa prática:

Por que incluir os filhos nas tarefas domésticas?

Com as rotinas corridas e os prazos apertados, é muito comum que os adultos deixem passar a oportunidade de ensinar às crianças tarefas como lavar a louça.

Afinal, os pequenos vão demorar o dobro ou triplo do tempo para fazer uma atividade que poderia ser finalizada em 5 minutinhos, mas os benefícios que esse aprendizado trazem são extremamente valiosos e compensam o tempo investido.

1. Habilidades essenciais

Independente do gênero da criança, existem algumas habilidades domésticas que todos precisam ter quando crescer. Noções básicas de tarefas como cozinhar, limpar e organizar são essenciais para qualquer pessoa que um dia vai ter que cuidar do lugar onde vive.

A vantagem é que essas habilidades são muito mais fáceis e divertidas de aprender na infância.

2. Independência

As crianças precisam saber que os seus pais sempre estarão por perto para ajudá-las, mas essa relação não deve se tornar uma relação de dependência. Ao participar das tarefas domésticas logo na infância, os pequenos têm a chance de aprender a resolver os seus problemas e até ganhar a autoconfiança para fazer isso tranquilamente.

3. Responsabilidade

O objetivo das tarefas domésticas nunca deve ser visto como uma forma de punição, e sim como algo que se faz para alcançar o bem conjunto da família. Desenvolver responsabilidade está intimamente ligado a isso, pois as crianças descobrem que as suas contribuições (ou a falta delas) têm um impacto positivo ou negativo para toda a casa.

4. Trabalho em equipe

Ser um integrante ativo da organização e limpeza do seu lar é fundamental para que as crianças cresçam aprendendo a trabalhar em equipe, pois com essas atividades elas podem colocar em prática fazer sempre a sua parte e saber ouvir os outros.

No futuro, essa habilidade será essencial para o desenvolvimento de relações genuínas e para conquistar uma vida profissional bem sucedida.

5. Empatia pelo próximo

Se as crianças não participarem das tarefas domésticas, elas não entenderão o esforço que as atividades exigem e o trabalho do papai e da mamãe será banalizado. Parte da formação de um cidadão é reconhecer o seu papel na sociedade e valorizar a contribuição dos outros também, um feito que pode – e deve – ser desenvolvido logo na infância.

Invista um tempinho a mais para ensinar com carinho e paciência as tarefas domésticas para os seus filhos, assim, as crianças podem desenvolver em família todas as características citadas acima.

Quais são as tarefas adequadas para cada idade?

Agora que você revisou as importâncias de incluir as crianças nas tarefas domésticas, que tal descobrir quais delas você pode pedir ao seu filho para fazer em cada idade?

As escolhas variam, claro, pois cada criança tem o seu tempo de crescimento tanto físico quanto mental, então você pode adaptar as tarefas com base no nível de facilidade ou dificuldade dos pequenos.

Dica extra: Para fazer a maioria das tarefas domésticas, ajuda bastante se a casa e o quartinho da criança contar com móveis adequados, assim elas conseguem realizar as atividades sozinhas e, como diz o método de Maria Montessori, ganhar mais autonomia.

Já postamos um tutorial de como montar um quarto montessoriano incrível para essa função, confira e facilite as tarefas do pequeno!

2 a 3 anos

  • Guardar os próprios brinquedos;
  • Jogar as fraldas no lixo;
  • Guardar os calçados no armário.

4 a 5 anos

  • Arrumar as próprias camas;
  • Tirar e vestir suas roupas;
  • Colocar a roupa suja na lavanderia;
  • Separar as peças de roupa claras das escuras;
  • Levar algumas louças até a mesa de jantar;
  • Tirar o pó dos móveis;
  • Regar as plantas.

6 a 8 anos

  • Pendurar roupas no varal de chão;
  • Lavar algumas louças seguras;
  • Varrer a casa;
  • Tirar o saco de lixo e levar na lixeira;
  • Ajudar em mais processos de jardinagem.

9 a 10 anos

  • Escrever a lista de mercado;
  • Acompanhar no mercado e ajudar a encontrar produtos;
  • Montar a mesa completa;
  • Guardar louças;
  • Preparar pequenos lanches sem uso de fogo;
  • Fazer a lancheira;
  • Passar aspirador no chão e nos móveis.

11 a 12 anos

  • Varrer e passar pano no chão;
  • Arrumar o próprio quarto;
  • Trocas as roupas de cama da casa;
  • Lavar o carro;
  • Preparar refeições mais difíceis;
  • Preparar e ligar a máquina de lavar.

13 anos em diante

  • Lavar o banheiro;
  • Preparar refeições completas;
  • Passar roupas;
  • Fazer compras no supermercado;
  • Cuidar dos irmãos.

É importante ressaltar que, por mais que a autonomia e independência se desenvolvam progressivamente nessas idades, os filhos só se tornam capazes de verdade depois dos 18 anos de idade. Por isso, permita que eles realizem as tarefas, mas sempre mantenha um olhar atento para possíveis perigos!

Gostou deste post? Aqui você encontra vários outros conteúdos informativos para auxiliar na rotina com as crianças e no entendimento de seu desenvolvimento, confira na nossa categoria Para Mamães!

About Leandro Varela

Deixe um comentário

Anterior

Caixa sensorial para crianças — Veja como montar uma

5 Benefícios das camas Montessori para você e sua família

Próximo