Escolha o tamanho de colchão de berço ideal com essas dicas!

Muita gente pode se esquecer desse fator e pensar nele só quando estiver em cima da hora, mas escolher o tamanho do colchão do berço é algo que merece atenção especial na hora de planejar o quarto da criança que está por vir. Isso porque nos primeiros meses de vida o bebê vai passar a maior parte do seu tempo dormindo e não queremos que ele fique desconfortável durante seus descansos, não é mesmo?

Mas fique tranquila, não precisa se preocupar! No geral, a escolha pelo tamanho certo do colchão não é muito difícil se feita com atenção. Se você está no meio dessa missão, essa publicação foi feita para te ajudar! Aqui, te guiamos pelos tamanhos mais comuns de colchão de berço, além de mostrar os fatores importantes que você deve ter em mente na hora da sua compra. Olha só:

Como acertar no tamanho de colchão para berço

Para acertar na escolha do tamanho do colchão para berço, basta conferir o padrão que o seu móvel foi construído ou quais são as suas dimensões. “Padrões?” Sim! No Brasil, existem dois padrões bem comuns de berços, que são os mais expressivos desse mercado: o padrão americano e o padrão nacional. Esses padrões são os principais fatores determinantes no tamanho do colchão, portanto, lembre-se de verificá-los!

Sabendo disso, você pode escolher seu colchão sem medo a partir das dimensões do móvel. Nesses dois padrões, o tamanho do colchão é:

  • Tamanho do colchão de berço padrão americano: 70 cm x 130 cm
  • Tamanho do colchão de berço padrão nacional: 60cm x 130 cm

medida colchão de berço

No móvel, o colchão deve se encaixar perfeitamente, tendo no máximo 2 dedos de folga em suas extremidades. Se tiver mais do que isso, o tamanho do colchão de berço escolhido não está apropriado para proporcionar a segurança que o pequeno vai precisar quando estiver dormindo.

No caso de sobrar um certo espaço de folga entre o colchão e a estrutura do berço, uma precaução que você pode ter é criar um protetor para o berço. Saiba mais no post Como fazer proteção para berço? Confira nossas sugestões!

Se ainda não comprou o seu berço e está justamente pensando em qual dos dois padrões escolher, a nossa dica é optar pelo padrão americano. Por ser um pouquinho mais largo, ele normalmente é aproveitado para se transformar em mini cama ou até mesmo em sofazinho conforme a criança cresce. Já conhece esses modelos de berços mini cama? Eles estão se tornando cada vez mais populares, vale a pena conhecer!

Outros fatores para ficar de olho na compra do colchão

Para além do tamanho do colchão, existem outros fatores que precisam de sua atenção para fazer a escolha correta. Pensando que o bebê passará até 18 horas por dia deitado sobre o colchão do seu berço, claramente você vai querer garantir todas as condições que deixe ele confortável da maneira que merece. Portanto, lembre-se de checar esses pontos também:

Densidade 18

Quando vamos comprar colchão, nos deparamos com diferentes níveis de densidade: D18, D23, D26, D28, D33 e assim vai… Essa característica nos mostra a quantidade de espuma que é aplicada a cada metro cúbico em seu interior. Para os bebês, até os 3 anos de idade o mais recomendado é a densidade D18. O colchão D18 pode parecer desconfortável para o seu toque mas lembre-se: o que é confortável para você não vai ser igualmente confortável para a criança.

Garantindo o colchão da densidade correta, você se certifica de que o bebê irá dormir em um leito ideal para o seu tamanho, que oferece a firmeza correta para o seu pleno desenvolvimento. Afinal, o apoio dado para o colchão será essencial para o desenvolvimento da coluna do seu bebê.

Propriedades antialérgicas

Todos nós queremos evitar que nossos filhos tenham problemas respiratórios, correto? Por isso, lembre-se de verificar se o colchão de berço que você está adquirindo é feito de forma que garanta proteções:

  • antialérgica;
  • antiácaros;
  • e antifungos.

Assim, você evita problemas de saúde indesejáveis no seu bebê!

Revestimento exterior

A parte externa do colchão do berço pode ser feita de diferentes materiais, os mais comuns são as proteções de tecido (algodão) e as plásticas (de vinil). Os colchões revestidos por tecido conseguem “respirar” melhor, mantendo-se arejados com mais facilidade. Entretanto, não são tão resistentes às manchas. Por outro lado, os colchões de revestimento plástico oferecem, na maioria das vezes, proteção impermeável, que ajuda a limpar eventuais manchas de xixi, cocô e gorfadas.

Uma boa solução são os colchões meio a meio, que têm revestimentos tanto de tecido quanto de material plástico em cada um de seus lados. Dessa forma, você aproveita os benefício de ambos.

colchão com plástico impermeável

Qual é a hora certa de comprar o colchão do bebê?

Agora que você já sabe como escolher o tamanho de colchão do berço, além dos pontos que precisa levar em consideração para a sua compra, já tem mais preparo para fazer a escolha correta. Entretanto, uma nova dúvida pode surgir: em que momento da gravidez devemos comprar o colchão?

A nossa recomendação é fazer essa compra cerca de 40 dias antes do parto. Nesse período, você consegue receber o colchão tranquilamente, levando em consideração os prazos de entrega da maioria das lojas – sejam as lojas virtuais ou as físicas, já que algumas delas não trabalham com estoque a pronta entrega.

Comprando antes disso, você corre o risco de fazer uma compra muito adiantada e, assim, deixar o colchão parado dentro de casa, juntando poeira. Coisa que você também quer evitar, certo?

Enquanto planeja o quarto, pode conferir o nosso post com ideias de temas de quarto do bebê para você se inspirar!

Aqui no blog Casatema você encontra dicas úteis para curtir a rotina com os bebês da melhor maneira! Continue por aqui e aprenda com a gente.

Até o próximo post!

About Leandro Varela

Deixe um comentário

Anterior

Como ensinar o bebê a sentar — Dicas simples e eficazes

Atividades montessorianas para fazer com as crianças

Próximo