Principais erros na decoração de quarto infantil: evite-os!

Sempre falamos sobre dicas de decoração infantil por aqui em nosso blog. Mas hoje o assunto vai além: os principais erros que cometemos na decoração de quarto infantil e o que fazer para evitá-los.

Assim, é possível unir o útil ao agradável e criar um ambiente perfeito para seu filho se desenvolver dia a dia, com tranquilidade, conforto e proteção. Aliás, muitas mamães e papais focam tanto no que é bonito e decorativo que acabam deixando a usabilidade de lado, e o conforto e a segurança ficam em segundo plano.

Por isso, precisamos prestar muita atenção na hora de decorar o quarto do nosso pequeno, afinal, tudo deve caminhar para promover o melhor desenvolvimento físico e psicológico.

Pensando nisso, trouxemos erros frequentes cometidos pelos pais que podem ser facilmente evitados. Será que você já cometeu algum deles? Confira a leitura deste post e saiba mais!

Decoração infantil: como deve ser

Decorar o quarto infantil é uma das etapas mais deliciosas quando vamos repaginar nossa casa. O cantinho arranca suspiros e dá um aconchego aos pais, que amam cuidar de cada detalhe do cômodo mais especial do lar para o filho.

Dependendo da idade, as crianças podem até ajudar com a decoração, escolhendo temas, cores e artifícios que conversem com o universo deles. Isso inclui estilo do papel de parede, objetos decorativos e até a própria cama infantil, que é parte fundamental do arranjo.

Esse momento é terapêutico e muito prazeroso para as mommies, afinal, pensar em cada detalhe para deixar o quarto acolhedor e seguro, sem perder o lado criativo, é um processo delicioso, que fortalece a conexão entre mãe e filho naturalmente.

No entanto, mesmo com tanta ideia boa e capricho, é normal cometer alguns deslizes que, por mais básicos que sejam, podem colocar o bem-estar da criança em risco. Isso envolve desde a posição dos móveis até a iluminação escolhida.

Vamos às dicas?

Erros comuns na decoração de quarto infantil: como evitar

Para fazer uma decoração bonita e funcional, é necessário evitar algumas ações. Veja quais são elas:

1. Não considerar os gostos da criança

cama em formato de casa

Um dos principais erros dos pais é decorar o cômodo desconsiderando os gostos da criança. Nesse momento, você precisa lembrar que o quarto não é seu, e sim do seu filho.

cama em formato de carro

Desse modo, é preciso levar em conta aspectos que conversem com o universo infantil, com cores, desenhos e elementos que estimulem a imaginação do pequeno – e não escolher objetos que você colocaria no seu quarto.

2. Não escolher móveis infantis

cama infantil com telhado

Um erro bem grave que muitos pais cometem é não escolher móveis específicos para crianças. Móveis infantis são feitos com a finalidade de proporcionar as melhores condições para que o pequeno consiga se locomover com segurança e ter autonomia para explorar o cômodo livremente, sem a necessidade de um adulto para auxiliar em qualquer decisão que ele for tomar.

Para os menores, o mais adequado é apostar em móveis montessorianos, que são feitos justamente com o propósito de desenvolver a autonomia desde cedo, implicando no estímulo ao desenvolvimento.

mini cama infantil com grade de proteção

A mini cama infantil, por exemplo, tem o tamanho ideal para proporcionar conforto e segurança às crianças pequenas, especialmente para as que estão saindo do berço. Atente-se ao móvel ideal para a fase do seu filho, isso garante independência para a criança entrar e sair da cama sem o risco de se machucar.

3. Deixar tomadas à mostra

Esta é uma etapa muito importante para quem está projetando o quarto de bebês e crianças. A segurança precisa estar sempre em primeiro lugar, antes mesmo do funcionamento e da estética do cômodo, afinal de contas, devemos manter nossos pequenos sempre protegidos, não?

Especialmente as crianças que estão saindo do berço, quando começam a dar os primeiros passinhos, costumam ser bem curiosas e ainda não têm muita noção do que pode ou não mexer. Assim, o risco de colocar o dedinho na tomada é bem alto.

Por isso, deixe-as fora de vista dos pequenos e procure colocar placas de segurança em todas elas.

Leia mais: Escolha a cama ideal para seu filho!

4. Alocar itens em altura inacessível à criança

Ainda sobre adequação, é comum dispor de itens decorativos em lugares altos, inacessíveis às crianças. Isso não faz sentido na decoração, pois tudo direcionado ao quarto infantil precisa estar adaptado para elas.

Para solucionar esse problema, lembre-se de colocar os nichos e prateleiras em uma altura que o pequeno consiga alcançar e interagir com os objetos. Dessa forma, você garantirá a segurança e contribuirá para o desenvolvimento da autonomia do seu filho.

Nicho retangular decorativo

E aí, mamãe, você cometia algum desses erros? Essas são algumas dicas valiosas para colocar em prática no momento de decorar o quarto infantil. Esperamos ter ajudado!

Para receber mais dicas sobre móveis e decoração infantil, confira outras postagens do nosso blog – por aqui, você encontra muito conteúdo interessante para deixar seu ambiente mais aconchegante.

Até a próxima postagem!

About blogcasatema

Deixe um comentário

Anterior

Ideias para organizar os brinquedos e manter a casa arrumada

Berço que vira caminha: uma manual prático para os pais

Próximo