Meu filho não dorme: o que fazer? Veja nossas dicas!

Se o seu filho é uma criança que, de modo geral, tem um bom comportamento, tem uma boa saúde e um dia a dia equilibrado com boa alimentação e atividades físicas, pode ser difícil se deparar com a dúvida: por que meu filho não dorme bem

Ter uma boa rotina de sono é muito importante para qualquer um de nós. No entanto, durante o período de formação infantil, tomar os cuidados necessários com o sono é ainda mais fundamental. É por isso que a preocupação com crianças que não dormem bem é constante.

Saiba que essa é uma situação mais comum do que pensamos. Conseguir estabelecer um hábito tranquilo e saudável durante as noites do bebê é uma dificuldade de muitas famílias que possuem crianças pequenas. 

É bem verdade que quanto menos o filho dorme, mais os pais buscam por alternativas mirabolantes e estratégias para fazer essa realidade mudar. Afinal, dormir bem pode ser considerada uma necessidade básica e os maus hábitos podem perdurar por anos

Por que meu filho não dorme?

Existem muitas razões que podem corroborar para uma noite de sono mal dormida. Mas, entre todas elas, algumas podem saltar aos nossos olhos. Dê uma olhadinha nos fatores que identificamos:

Falta de cuidado com a rotina do bebê

Ter uma rotina bem delimitada é um dos fatores mais importantes para garantir um bom sono à noite. Esse parece ser um requisito bem observado pela maioria das famílias, mas muitas vezes nos descuidamos no dia a dia. 

Delimitar a rotina transmite segurança para o bebê. Por isso, certifique-se de que haja horário certo para tudo: banho, comida e também para dormir. Estabeleça o famoso “ritual” do sono, ele pode ser muito eficiente. 

Trata-se da preparação para a hora de dormir. Cerca de duas horas antes, inicie os preparativos básicos, para que habitualmente a criança se familiarize com esse momento. É hora de começar a desligar os aparelhos eletrônicos, diminuir gradativamente o ritmo de toda a família, dar a mamadeira. 

Mini Berço Alvin com Rodízio - Branco

Em muitos casos, é hora também de colocar uma canção de ninar, diminuir a luz, ninar e colocar a criança no berço. No caso de bebês, o ideal é permanecer no quarto até que estejam totalmente adormecidos.

Sem pequenos sustos – eles causam medo

Você gostaria da sensação de dormir confortavelmente em um lugar e, no meio da noite, acordar em outro local totalmente diferente? Pois bem, as crianças também não gostam desse sensação. 

Pequenas alterações como essa geram sustos desnecessários. Sensações de desconforto, insegurança, que claramente podemos evitar. Muitos pais não entendem por qual razão os filhos sempre acordam de madrugada, aos prantos. 

Mini Cama Montessoriano Cabaninha

Vale a pena fazer o teste para conferir se esse não é o grande motivo. Trata-se de um problema mais comum no caso de crianças maiores. Por isso, ajudá-las a adormecer diretamente no berço mini cama ou na mini cama infantil pode ser o primeiro passo para um sono mais tranquilo. 

O segredo é ensinar o bebê a dormir sem a sua presença por perto. Nos primeiros meses isso não é possível, já que nessa fase os cuidados devem ser redobrados pelos pais.

A partir dos seis meses de idade, esse hábito poderá se tornar uma realidade. Assim, logo vai chegar o momento em que você conseguirá dizer “boa noite” e sair do ambiente sem grandes problemas. 

Criança que dorme cedo e acorda cedo dorme melhor

 

Você já ouviu a expressão que afirma que a chegada dos bebês muda completamente a rotina dos pais? Isso é realmente uma verdade. 

Por isso, aprender a dormir e acordar junto de seu filho é a melhor alternativa para entender melhor sua rotina de sono. Se você coloca a criança para dormir, mas continua com a luz da casa acesa e todos os aparelhos eletrônicos em funcionamento, seu sono é comprometido. 

Além disso, crianças que dormem cedo precisam acordar cedo para desenvolverem esse hábito por muito tempo. Como isso seria possível se os pais não acompanham a disposição da criança? 

Nos primeiros meses de vida é comum que o bebê troque o dia pela noite, afinal ele ainda está se ajustando à rotina fora do corpo da mamãe. Mas essas mudanças não são permanentes, por isso, o ideal é que já nos primeiros meses você já vá inserindo traços de uma rotina bem estipulada. 

O local e o ambiente é muito importante para um sono tranquilo

mãe dando beijo de boa noite no filho

Um quarto infantil com as cores adequadas, que tranquilizam o bebê e, principalmente, com os móveis corretos para cada fase do neném é essencial. 

Cada idade pede por um tipo de mobília, o que pode interferir no conforto da criança, implicando diretamente na qualidade do sono. Para que a criança cresça com saúde e tenha um bom desenvolvimento em todas as áreas, todos os detalhes importam. 

É comparado cientificamente que o sono tem grande influência na educação infantil. Sendo assim, conforme a criança vai crescendo, precisamos continuar nos atentando a esse fator. Mesmo quando adolescente, o colchão e a cama ainda irão demandar cuidados. 

Esses são fatores simples, mas que fazem toda a diferença na qualidade do sono infantil. E então, esse post te ajudou a identificar algumas possíveis causas pelas quais seu filho não dorme? Esperamos que sim! 

Nos vemos no próximo post! 

About blogcasatema

Deixe um comentário

Anterior

Crianças agitadas: como gastar energia durante a pandemia?

Brincadeira de criança: atividades sensoriais inspiradas em Montessori

Próximo