Deixe sua casa segura para crianças
Dicas

Deixe sua casa segura para crianças – Dicas!

Quem tem criança em casa sabe: elas não param, deixando os adultos no chinelo quando o assunto é disposição para fazer bagunça. Para a brincadeira rolar com muita tranquilidade, alguns cuidados devem ser tomados a fim de manter a casa segura para crianças. O objetivo é preservar o bem-estar dos pequenos e proporcionar a eles momentos de muita alegria e bom humor.

Felizmente, é fácil transformar a casa em um ambiente mais seguro e livre de preocupações que podem virar acidentes a qualquer momento. Neste artigo, você vai conhecer os principais perigos que cada um dos cômodos da casa pode oferecer para a criança, e como evitá-los.

São apenas alguns ajustes, mas que fazem grande diferença, deixando os filhos à vontade para explorar a casa sem riscos.

Qual é a importância de deixar a casa segura para crianças?

Em 2013, o Ministério da Saúde publicou um levantamento informando que os acidentes domésticos são a principal causa de morte de crianças com até 9 anos de idade. As razões para os acidentes são, quase sempre, as mesmas: um momento de descuido e… aconteceu.

Até os 10 anos, as crianças estão sujeitas a acidentes domésticos mais comuns, como asfixias, quedas, queimaduras e intoxicações. Por isso, manter a casa segura é um trabalho de vigilância constante, que precisa ser monitorado diariamente. Há perigos em todos os cômodos da casa. Você pode começar evitando-os ainda hoje mesmo. Confira.

Cozinha

Se a ideia é deixar a casa segura para crianças, a cozinha é o primeiro cômodo a entrar na lista. É principalmente lá que estão os objetos pontiagudos, como facas e garfos, além do fogão e todos os perigos que o envolvem.

cozinha compacta e780 nature branco kappesberg

Acesse o produto!

Começamos pelo bujão de gás. O ideal é que esteja fora da cozinha, de preferência em uma área livre do acesso das crianças, para evitar mãos curiosas provocando um acidente de grandes proporções.

Falando em gás de cozinha, chegamos ao fogão. Ao cozinhar, prefira as bocas de trás do fogão e sempre vire os cabos das panelas para o lado da parede ou para dentro. Isso evita que a criança tente alcançar os cabos e derrube a comida quente. Essa é uma dica que vale também para os adultos, pois os cabos para dentro evitam que os adultos esbarrem nas panelas e derrubem o conteúdo quente no chão, ou em si mesmos.

deixe sua casa segura criança

Objetos cortantes, como garfos, facas e outros utensílios domésticos, devem ficar sempre guardados em porta-talheres ou gavetas com travas, de preferência. Aproveite para manter trancados também os fósforos, isqueiros, ou outros objetos cortantes ou inflamáveis.

Por fim, mantenha os fios dos eletrodomésticos livres do caminho, evitando tropeços e acidentes com os próprios eletros.

Banheiro

O banheiro também oferece vários perigos para as crianças. O principal cuidado é bem simples: manter a porta fechada sempre que possível, evitando que a criança entre no cômodo sem a supervisão de um adulto. Agora, caso o pequeno entre, siga algumas orientações.

A tampa do vaso sanitário deve estar sempre fechada, de preferência com uma trava própria (existem modelos de travas disponíveis em lojas de utilidades domésticas). Parece absurdo, mas o vaso sanitário é uma arma perigosa e oferece até risco de afogamento! Também é essencial que o piso esteja sempre seco ou com tapetes antiderrapantes em áreas como o chão da área de banho.

Já os medicamentos e cosméticos devem estar no alto dos armários, longe da curiosidade das crianças. Se o seu banheiro tem aquecedor a gás, é urgente ser assíduo com as manutenções, pois uma casa segura para crianças deve estar com tudo em dia.

Quarto das crianças

O quarto das crianças deve ser o mais seguro possível, é o ambiente deles. Pense nisso desde o planejamento do quarto, escolhendo móveis de cantos arredondados e com o mínimo de quinas possível (a gente sabe o estrago que elas fazem na testa dos bebês bagunceiros).

Móveis com rodinhas também devem ser evitados. Se você tem um, ou vários, no quarto das crianças, mantenha-os bem longe das janelas. Se os bebês já cresceram e agora dormem em caminhas, escolha modelos que tenham proteção lateral, ou móveis feitos para as crianças.

Mini Cama Montessoriano Soninho Natural

Acesse o produto!

Evite televisão, abajures e outros eletrônicos que façam com que os fios fiquem espalhados pelo chão. Assim, você evita tropeços ou acidentes com eletricidade, sempre muito graves.

Para diminuir o risco de asfixias, mantenha a cortina presa e longe do alcance das crianças. Se você quer potencializar a segurança do quarto do seu filho ou filha, amarre cobertores, lençóis e mantas ao pé da cama. Isso diminui as chances de asfixia, por exemplo.

Quarto dos adultos

Uma casa segura para crianças envolve também o quarto dos adultos. No cômodo, vários objetos de alta periculosidade ficam à altura dos pequenos, como cosméticos, eletrodomésticos, entre outros objetos. Nessas horas, o segredo é organizar o mínimo para aquela hora em que as crianças entram de repente – e querem mexer em tudo!

Posicione aparelhos eletrônicos como televisão e notebooks, em móveis sem rodinhas e, de preferência, longe da altura das crianças. Outro problema comum é o uso de uma mesma tomada para vários eletrodomésticos. Tal sobrecarga pode virar um problema se um dedinho curioso tiver a ideia de mexer por lá.

Sala

A sala é o ponto de encontro de todos. Logo, precisa estar adaptada às necessidades de cada um dos moradores. Para começar, posicione sofás e poltronas longe das janelas (se você mora em prédio, essa dica é mais importante ainda). Ainda sobre janelas, é fundamental instalar telas de proteção, principalmente se você mora em apartamento.

Sua sala tem um bar ou bebidas alcoólicas pela estante? Posicione-as em armários altos e trancados. Os fios devem ser organizados e enrolados, para não causar grandes problemas. Os puxadores de cortinas e persianas também podem causar enforcamento, então devem estar sempre recolhidos e longe das crianças.

Conclusão

Manter a casa segura para as crianças é um desafio cada vez maior. Os pequenos são cada vez mais curiosos e nós ficamos cada vez mais preocupados. Mas, seguindo algumas dicas, é fácil de manter um ambiente seguro para que os pequenos consigam viver sem preocupações, nem acidentes, oferecendo muito mais autonomia para as crianças. Aproveite!

Gostou das dicas? Continue com a gente e aproveite vários outros conteúdos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *