Criança de 4 anos curiosa perguntando
Dicas

Como é o comportamento infantil de 4 a 5 anos e como lidar?

É tão gostoso acompanhar as fases do nosso filho, né? Os primeiros passinhos, as primeiras palavras, as primeiras gargalhadas… Derepende, quando nos damos conta, a criança já está fazendo quatro anos e entrando na escolinha. Como o tempo voa!

Se o seu filho já chegou nessa fase, entre os quatro e cinco anos, respira fundo, mamãe, você tem muito trabalho pela frente!

Aos quatro anos de idade, toda criança entra em um período conhecido como “Fase da Afirmação”. Esse momento é bem difícil para os papais e mamães, especialmente quando são pegos desprevenidos e não sabem muito bem o que fazer.

Então, se você se encaixa nesse caso, não se preocupe, pois, no post de hoje, vamos te ajudar a entender melhor sobre a chamada “Fase da Afirmação” e como se posicionar em relação a ela.

Já vamos adiantando que essa etapa da infância é tão complicada quanto a Terrible Two – momento delicado dos dois aninhos – porque, é nesse momento em que a criança começa a ganhar mais autonomia, testando suas habilidades motoras e comunicativas. Isso significa que elas vão querer falar muito, fazer perguntas, correr, pular, gritar, e você provavelmente irá se questionar: “a energia dessa criança é interminável?”.

Para aprender a lidar com esse momento é muito importante que, além de aproveitar a capacidade intelectual da criança, para que ela aprenda coisas novas, você saiba direcionar como ela está gastando toda essa energia.

Acompanhe para entender melhor!

Comportamentos comuns na Fase da Afirmação

Uma das primeiras características a se observar é que a criança vai falar muito, muito mesmo! Ela vai querer narrar todos os episódios de seu dia, relatar as imagens que viu, contar as suas aflições… Enfim, seu pequeno vai virar uma “matraca ambulante”, pequena e fofa. E o “por que”, então? Vai ser um atrás do outro!

Muitas vezes, a criança pergunta o porquê de algo sem uma verdadeira curiosidade, tendo, na verdade, como principal objetivo testar a própria fala. Essa prática é recorrente na infância, pois, nesse período de descobrimento, ela está aperfeiçoando o seu vocabulário.

Sendo assim, tenha paciência e converse com a criança, sempre. É esse o caminho para que ela tenha mais facilidade em aprimorar a capacidade de dialogar e criar argumentos.

E, falando em argumentos, por acaso seu filho já quis quebrar uma regra e deu uma justificativa que te deixou de queixo caído, pela capacidade de argumentação apresentada?

Nessa idade, a criança tem uma imaginação bastante fértil e maior capacidade cognitiva, tornando seus argumentos mais complexos. Você vai se surpreender com seu geniozinho e com seu poder de manipulação, a partir de histórias super criativas!

Nessa hora, é fundamental cuidar com o que você, enquanto mãe, fala. Na Fase da Afirmação, os pequenos tendem a reproduzir muitas palavras e gestos que os adultos fazem. Pensando na figura de autoridade que os pais são, você passa a ser exemplo e referência de fala.

Na maioria das vezes, a criança reproduzir uma fala da mãe é engraçadinho e fofo, mas eles podem usar as palavras contra você, contradizendo até mesmo o que você disse – isso é argumentar!

Na fase dos quatro a cinco anos, também é normal que a criança queira executar várias tarefas ao mesmo tempo. Falar enquanto come, se vestir enquanto pula, contar histórias enquanto desenha… Tudo isso porque ela sabe de sua capacidade e quer usá-la ao máximo.

O perfil multitarefa da infância precisa ser estimulado e não barrado, para que eles se desenvolvam! Quer saber como explorar essas novas habilidades do seu pequeno?

Confira, a seguir, algumas dicas incríveis para tornar uma fase gostosa para você e para seus filhos!

Dicas para lidar com o comportamento infantil de 4 a 5 anos

Já deu para perceber que essa idade é bem turbulenta, não?

Embora a criança fique bastante ativa, atribuindo novas funções para quem está cuidando dela, esse é um momento decisivo no desenvolvimento das suas capacidades cognitivas e motoras. Sendo assim, é muito importante que ela seja incentivada.

Para tanto, você vai precisar de: métodos, didática, paciência, amor e muito carinho para dar! Veja algumas dicas essenciais para que este se torne um dos melhores momentos da infância de seu filho!

1) Incentive novas habilidades

Como vimos, anteriormente, a criançada dessa idade adora testar suas próprias capacidades, tentando executar várias tarefas ao mesmo tempo. Assim, é interessante que você, mamãe, explore, ainda mais, essas habilidades, colocando seu pequenino em atividades como: dança, natação, futebol, ballet, pergunte ao seu filho qual atividade desperta mais interesse na visão dele!

Os estímulos corporais, além de desenvolver novas capacidades motoras, vai fazer com que seu filho gaste bastante energia, ficando “mais tranquilo” quando chegar o fim do dia. Confira nosso post onde falamos sobre Crianças agitadas: saiba por que elas precisam gastar energia!

2) Incentive a criatividade

Já que o período de quatro a cinco anos é a idade ápice da imaginação, em que ela fica bastante “fértil”, é, também, um momento perfeito para incentivar o processo criativo do seu filho.

Para isso, trabalhe em atividades lúdicas, como: contação de histórias, propostas para que ele faça desenhos, práticas de ouvir e interpretar as letras de músicas… O que importa é brincar com a imaginação! E, claro, você não pode se esquecer de dar muita atenção e carinho!

3) Crie um ambiente adequado

Como, nessa fase, a criança, sozinha, busca fazer ações, como: comer, escolher a roupa que vai usar e se vestir… É emancipatório que você incentive esse processo de independência.

Como fazer isso? Criando um ambiente que permita essa autonomia com os móveis montessorianos, por exemplo. O método montessoriano é assunto principal aqui do blog, segundo essa visão, é possível criar um espaço que estimule a autonomia, as capacidades cognitivas e motoras e, claro, a ludicidade! Observe só algumas opções incríveis, pautadas nesse método.

  • Camas: as camas montessorianas são baixinhas e perfeitas para a criança ter independência na hora de deitar ou levantar. Além de permitir uma acessibilidade maior, ela ainda, apresenta formatos criativos, que desenvolvem o lúdico e deixam o ambiente muito mais bonito e divertido.

cama infantil montessoriana

  • Estante: a estante montessoriana é ideal para que a criança, sozinha, consiga pegar e guardar livros e objetos, sem precisar pedir ajuda a um adulto. Assim, ela pode “ler” os livros quando bem entender, incentivando-a ao hábito da leitura de forma natural.

estante em L montessoriana

  • Organizador: assim como é importante incentivar a independência, é indispensável mostrar o que é certo e o que é errado. Dessa forma, ensinar a guardar os brinquedos após o uso é uma prática que deve ser exercida desde cedo, para que a criança entenda que ela tem direitos e também obrigações.

Organizador de objetos infantil montessoriano

E aí, mamãe, está preparada para enfrentar a Fase da Afirmação do seu filho? Você acabou de conferir algumas dicas que com certeza vão te ajudar a lidar com o comportamento infantil, no período de quatro a cinco anos, com mais facilidade.

Lembre-se delas e de que você e seu pequeno vão ganhar muito com isso!

Ah, e para ver mais postagens como essa, não deixe de acompanhar o nosso blog! No nosso site você encontra diversas opções de móveis montessorianos venha conferir! Aqui, estaremos sempre trazendo conteúdos incríveis para você. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *