Como planejar uma casa pensando na segurança do filhos
Móveis

Segurança para os filhos! Saiba como planejar a sua casa para o bem estar deles

Como planejar uma casa pensando na segurança do filhos? Quem é pai ou mãe, com certeza, sabe o quanto é preocupante manter suas crianças seguras, não é mesmo? Quando as crianças estão na fase de brincar, elas têm muita energia e são muito ativas e, por isso, todo cuidado é pouco para que elas não se machuquem.

Quando tratamos das crianças, sabemos que: estar em casa não é estar seguro. Elas não medo de correr pela casa toda, isso fica por conta dos pais.

Móveis com quina, mobílias de vidro, vasos frágeis, objetos pontiagudos ou cortantes, entre outros, são sempre um perigo em uma casa com crianças. Porém, existem várias dicas que os pais podem seguir para manter seus pequenos seguros. Sabemos que alguns cômodos oferecem mais riscos que outros e, por isso, vamos dar dicas especificas para os diversos cômodos da casa.

 

Cozinha

A cozinha, com certeza, pode ser considerada o cômodo mais perigoso da casa quando pensamos nas crianças. Na cozinha, estão concentrados os objetos pontiagudos (como facas e garfos), além do fogão é claro, um dos eletrodomésticos mais perigosos, até para adolescentes, adultos e idosos, caso não seja utilizado conforme as instruções de segurança.

Por isso mesmo, a fim de evitar acidentes como cortes, queimaduras ou imprevistos maiores, na hora de cozinhar, o recomendado é sempre utilizar as bocas de trás do fogão. Sempre se lembre de deixar os cabos das panelas e frigideiras para o lado da parede ou para o lado de dentro do fogão, a fim de evitar que as crianças consigam alcançá-los. É importante, também, lembrar-se de deixar o botijão de gás sempre fechado, quando não estiver sendo utilizado.

Para evitar que as crianças consigam alcançar os objetos cortantes ou perigosos como garfos, facas, copos de vidro, fósforos, isqueiros espetos, etc. o correto é sempre utilizar as gavetas e armários com travas ou procurar deixar esses tipos de objeto em armários altos, onde as crianças não possam alcançar.

Outros objetos que devem ser mantidos fora do alcance das crianças são os eletrodomésticos, que podem ser facilmente quebrados pelos pequenos. O ideal é lembrar sempre de enrolá-los com elásticos e colocá-los, também, nos armários mais altos. Assim como os produtos de limpeza para evitar de intoxicação ou acidentes de outras naturezas.

 

Banheiro

O banheiro pode ser considerado o segundo ambiente que mais oferece perigosos para as crianças da casa. É recomendado sempre manter a porta fechada quando ninguém estiver utilizando o cômodo.

É interessante adquirir uma trava que a criança não saiba abrir, e a depender da idade, é indicado não deixá-la no banheiro sem a supervisão de um adulto. Isso por que a criança ainda não tem as mesmas noções de segurança dos mais velhos. Elas, ainda, não conseguem se certificar de que o piso está molhado e que pode cair e se machucar. O ideal é sempre colocar tapetes antiderrapantes para que os pequenos saiam do banho.

Assim como na cozinha, opte por colocar os medicamentos, cosméticos e produtos de limpeza em armários que as crianças não alcançam ou, até mesmo, utilizar de travas nos armários que forem mais baixos. O Ideal é retirar aparelhos elétricos como secador de cabelo da tomada após o uso. E, quando a casa tiver aquecedor a gás, é recomendado sempre confira o seu funcionamento periodicamente.

 

Quarto dos Pais

A dica para o quarto dos pais é sempre tomar cuidado com a porta. É importante deixar o quarto fechado, principalmente, quando ninguém estiver nele. Assim, será evitado que os pequenos se aventurem pelo cômodo, correndo o risco de que eles causem acidentes se machucando ou mesmo quebrando algum utensílio ou eletrodoméstico.

Outro cuidado muito importante é sempre se atentar com bolinhas de naftalina ou similares no armário, quando elas se fazem necessárias. Então, se realmente houver essa necessidade, o ideal é colocá-las em uma altura em que a criança não possa ter acesso.

 

Quarto das Crianças

Quando pensamos no quarto das crianças, o ideal é escolher por móveis de cantos arredondados. Por que, dependendo da idade, as quinas podem ser perigosas para elas que estão em fase de aprender a andar ou que estão andando há pouco tempo. Existem, também, protetores de silicone que podem ser utilizados quando as crianças são um pouco maiores. Outra dica é evitar colocar móveis perto das janelas, bem como, sempre optar por colocar grades ou telas de proteção nas mesmas.

Mais uma dica valiosa é a de sempre ensinar os filhos a guardar todos os brinquedos após brincar, pois tê-los espalhados pelo chão pode ocasionar acidentes e tombos. Atenção com os brinquedos pontiagudos e de material que podem ser quebrados facilmente, eles podem machucar os pequenos. Outra atitude que deve ser evitada no quarto das crianças é ter televisão, sabemos que não é indicado que a criança possa ter acesso livre a esse aparelho, a menos que já tenha idade para isso.

 

Escolher uma cama para a criança que possua proteção lateral, como as que vêm com grades, pode ser uma boa opção para evitar que ela saia andando sozinha pela casa quando acordar, sem que os pais percebam. O cuidado deve ser redobrado quando optarem por beliches, uma vez que são maiores e a criança pode cair e se machucar. Parece absurdo, mas uma última dica para o quarto é: prender sempre as cortinas, a fim de evitar que acriança se enrole, provocando asfixia.

 

Sala

Quando pensamos na sala, o mais indicado é que sofás ou cadeiras sejam planejados para ficarem longe de janelas. Se considerarmos os sobrados, devemos colocar portões ou grades no primeiro e no último degrau das escadas. Em caso de adegas, lembre-se de observar onde são guardadas as bebidas alcoólicas. Certifique-se que os armários sempre estejam sempre altos e trancados.

Recomenda-se, também, manter os fios de eletrônicos enrolados. As cortinas ou persianas da sala seguem a mesma regra, elas precisam ser mantidas amarradas, com segurança. Quando as crianças forem muito pequenas, o ideal e retirar todos os objetos que são frágeis, como vasos e plantas ornamentais muito pontudas, então, você pode guardá-los em uma dispensa ou mesmo presentear alguém querido com algum desses itens.

 

Outros Cômodos

Quando pensamos em jardim e quintal, é importante cercar a área da piscina, quando houver, e mantê-la isolada para que as crianças não entrem lá sozinhas. Em épocas que a piscina não estiver sendo utilizada, como no inverno, por exemplo, é bastante válido cobri-la com uma lona própria para isso. As mesmas recomendações valem para áreas de churrasqueiras, as crianças não devem ter acesso livre, sem supervisão.

Elementos considerados tóxicos como os pesticidas, herbicidas e produtos utilizados em automóveis precisam ser mantidos fora do alcance dos pequenos, bem como plantas consideradas tóxicas. O mesmo cuidado vale para baldes ou bacias cheias da água no chão.

As últimas dicas para quem tem filhos pequenos são: equipar todas as janelas com telas de proteção, principalmente quando se trata de apartamentos ou sobrados. Também, deve-se se atentar com tomadas, sendo indicado usar os protetores próprios para tais. As portas de vidro devem sempre ser sinalizadas.

 

E você, já verificou se a sua casa ou apartamento possui as recomendações de segurança necessárias para a sua família?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *