como deixar crianças de apartamento mais felizes
Dicas Móveis

Crianças em apartamentos: como deixá-las mais felizes?

É comum ver as carinhas de tédio das crianças em apartamentos. E nós sabemos que a vida em um prédio ou condomínio, com muito confinamento e pouco movimento, tende a agravar certas consequências físicas e psicológicas. É o caso de problemas como a obesidade, por exemplo.

Outro problema recorrente é a solidão. Aos poucos, as crianças acabam se fechando nos limites do apartamento, esquecendo de atitudes importantes para a formação física e psicológica dos pequenos.

A falta de socialização dá lugar a um hábito que as crianças de hoje cultivam sem parar: isolar-se cada vez mais nos aparelhos eletrônicos e na internet, por meio de celulares, smartfones e tablets. E, aí, a apatia abre espaço para problemas de saúde como a obesidade, citada logo no início. Percebe como uma situação leva a outra?

Se os seus filhos estão acostumados a essa rotina, não hesite em propor atividades e brincadeiras que extrapolem os limites do condomínio. Aliás, o ideal é levar para dentro de casa todo esse dinamismo. Assim, os pequenos deixam de sentir o impacto da vida no apartamento, criando uma relação especial com o lugar onde moram.

Neste artigo, levantamos algumas ideias para te ajudar a trazer mais felicidade para os pequenos. Vamos começar?

 

Crianças em apartamentos não precisam ser sedentárias

Tendo em mente que a vida das crianças em apartamento tende a ser um pouco menos ativa, cabe aos pais traçarem estratégias para não deixar o sedentarismo tomar conta. E, para isso, o único jeito é colocar os pequenos para praticarem esportes e outras atividades físicas.

Mas e a diversão, como fica? Movimentar-se não é apenas ter uma agenda cheia de compromissos em academias, lembre-se disso. É aí que entram os passeios em parques, brincadeiras no playground do condomínio com outras crianças, voltinhas de bicicleta pelo quarteirão… a lista é imensa!

Ainda que tais ações tragam movimento e mais energia para a vida das crianças, não é tudo. Se você quer mesmo fazer a diferença na vida das suas crianças, dá para mudar a realidade de dentro da sua casa, sem estresses. Quer saber como? Continue a leitura!

 

Enriqueça o ambiente e faça seu filho mais feliz

Tudo bem, nós sabemos: diante do espaço restrito, fica mais difícil proporcionar movimento para a vida das crianças em apartamento. Mas, com um pouco de criatividade, é possível transformar o ambiente em um verdadeiro parque de diversões – e sem fazer muita bagunça em casa. Confira nossas dicas!

 

Móveis montessorianos

Se você tem bebês em casa, ou crianças em idade escolar, uma boa ideia é colocá-los em movimento com os móveis montessorianos.

Inspirados no Método Montessori, os móveis montessorianos seguem a mesma premissa da metodologia criada pela italiana Maria Montessori: oferecer autonomia para as crianças, incentivando o desenvolvimento natural das habilidades físicas, sociais e psicológicas dos pequenos.

  • Na prática, os móveis montessorianos consistem em:
    • Camas, armários e estantes mais baixos, para que as crianças possam interagir com os móveis e com o que está dentro deles;
    • Móveis com quinas arredondadas, evitando possíveis acidentes durante as interações;
    • Espelhos, com a finalidade de auxiliar a criança a se reconhecer e observar o mundo a sua volta;
    • Tapetes e outros elementos que demarquem espaço e também proporcionem experiências sensoriais para as crianças.

Quer incrementar ainda mais o quarto infantil? Aposte em uma barra fixada horizontalmente na parede (como aquelas das aulas de balé, lembra?). O objeto servirá como suporte para a criança, incentivando-a a se levantar e andar.

 

Playground infantil

Agora, se o seu apartamento tem espaço e o seu filho já é um pouquinho maior, que tal instalar um playground infantil? Existem opções no mercado com tamanhos reduzidos e adaptados a espaços menores.

É uma ótima ideia para divertir crianças em apartamentos, além de ser uma opção prática, já que que o brinquedo reúne diferentes tipos de atividades físicas em um só.

Mas como escolher o melhor playground infantil? Isso vai depender de diversos fatores. Se a sua área de serviço não tem bastante espaço, prefira playgrounds menores. Os mais adequados são modelos que privilegiam apenas o escorredor, como na imagem:

playground infantil indoor

Há também os playgrounds infantis maiores, com mais possibilidades em um mesmo brinquedo. O da imagem abaixo, por exemplo, conta com uma lousa, parede de escalada, escorregador, espaço para brinquedoteca e, em cima, a torre.

playground infoor em forma de torre

 

Cantinho da brincadeira

Se você não tem espaço para instalar um playground infantil, ou já decorou o quarto do seu pequeno e não pretende trocar a mobília atual pelos móveis montessorianos, nós temos uma alternativa ótima para agradar as crianças em apartamentos.

Promova um “cantinho da brincadeira” em casa, onde os pequenos poderão levar os brinquedos preferidos e soltar a imaginação. O ideal é que ele não seja dentro do quarto, mas sim em um cantinho (cantinho mesmo!) da sala, da varanda/sacada ou até mesmo da área de serviço.

O que importa é dar espaço para que a criança se sinta confortável em casa, sem que isso signifique ficar o tempo todo dentro do quarto, em frente ao videogame ou no smartfone. Para deixar o cantinho da brincadeira mais atraente, invista em uma mesa com cadeiras para crianças.

Por fim, você pode delimitar o espaço do cantinho usando um tapete grande. Para deixar tudo ainda mais legal, personalize-o com letras, ou com fotos e o nome das crianças e está pronto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *